Café da manhã, meia-pensão, pensão completa ou all-inclusive? Como escolher seu hotel pelo regime de alimentação?

  • 12/12/2016
  • 0 comentários
  • Por: Guilherme Goss De Paula

DSC00627 cafe marquis los cabosCafé da manhã no hotel Marquis, em Los Cabos (México)

Muita gente faz confusão na hora de escolher o regime de alimentação do hotel e acaba, muitas vezes, pagando mais caro por isso. Então, primeiramente, vamos deixar bem claro o que significa cada um desses termos e suas siglas, ok?

1. Somente hospedagem (só alojamento, SA, room only, RO, european plan, EP) – se algum desses termos estiver indicado, saiba que você está contratando hospedagem sem direito à alimentação;

2. Café da manhã (CM, breakfast, BB) – inclui, obviamente, apenas o café da manhã. Mas há uma variação de como ele é servido:
Buffet: os alimentos ficam sobre as estações e você mesmo se serve
English breakfast: é mais comum no Reino Unido e geralmente inclui torradas, ovos, bacon, geleia, manteiga, cereal e chá ou café
Continental breakfast: geralmente inclui pão, geleia, mel, manteiga, suco e chá ou café;
American breakfast: é o mais completo e geralmente inclui pão de forma, ovos, bacon ou salsicha, geleia, manteiga, panquecas, cereal, suco e chá ou café.

3. Meia pensão (MP, MAP, half board, HB) – inclui, além do café da manhã, o almoço OU jantar. Sendo que, na maioria dos hotéis, será café da manhã e jantar.;

4. Pensão completa (PC, FAP, full board, FB) – inclui o café da manhã, o almoço e o jantar, geralmente sem bebidas;

5. Tudo incluído (TI, all-inclusive) – inclui todas as refeições e bebidas. Geralmente, além do café/almoço/jantar, os hotéis que trabalham com esse sistema, possuem pelo menos um restaurante ou lanchonete que oferece opções de pratos rápidos, lanches e porções o dia todo. Note que mesmo sendo tudo incluído, há hotéis que podem cobrar por alguns itens do frigobar, serviço de quarto, bebidas de alto padrão e restaurantes temáticos – e isso varia de hotel para hotel, portanto, fique ligado e leia as informações com atenção.

jantar ocean blue punta canaJantar no hotel Ocean Blue and Sand, em Punta Cana (República Dominicana)

Agora que a nomenclatura ficou mais clara, vamos ao passo seguinte: qual opção escolher?

Se você não é acostumado a tomar café da manhã ou quer economizar ao máximo, talvez seja uma boa ideia procurar um hotel que ofereça somente hospedagem. Entretanto, se você pretende tomar café da manhã todos os dias, vale a pena contratar esse regime de alimentação junto à hospedagem para economizar tempo – a não ser, é claro, que o tempo não seja uma preocupação e você queira experimentar o café em lugares diferentes.

E quando ou para quem a meia-pensão funciona legal? Basicamente em locais onde os atrativos e passeios são predominantemente diurnos e à noite não há muito o que fazer, onde o hotel fica distante de outras opções de restaurantes e para pessoas que não pretendem sair à noite e preferem o conforto e a conveniência do hotel.

Já a pensão-completa, é melhor aproveitada se você vai permanecer a maior parte do tempo no hotel e fazer passeios rápidos. Caso contrário, poderá pagar e não consumir.

E o all-inclusive? Esse tipo de regime é muito comum nos resorts, isso porque a proposta desses meios de hospedagem é realmente fazer com que os seus hóspedes permaneçam lá por muito tempo e, para isso, procuram oferecer todo tipo de serviço. Geralmente localizados distantes de grandes centros, os resorts tendem a ser autossuficientes e o regime all-inclusive se torna um atrativo a mais.

Há opiniões divergentes sobre destinos x regimes de alimentação e essa questão é bastante pessoal. Por exemplo: há pessoas que jamais optariam por um resort all-inclusive em Cancún, onde a oferta de passeios é farta. Por outro lado, há pessoas que não abririam mão de um bom resort all-inclusive, pé na areia nesse destino e, mesmo que optassem por fazer passeios, também reservariam alguns dias para relaxar e curtir a estrutura do hotel. Portanto, não se esqueça, viajante, que o mais importante é fazer o que lhe agrada e o que é de acordo com o seu perfil e seu bolso!

Espero ter sanado sua dúvida e ajudado um pouquinho em sua decisão. Caso alguma coisa não tenha ficado clara para você, deixe um comentário que terei prazer em responder!


Reserve sua hospedagem pelo Booking.com clicando aqui!!
Assim você ajuda a mantermos o blog, sem pagar nada a mais por isso 🙂







Guilherme Goss De Paula

Nascido em Tupã, no interior de São Paulo, sua primeira experiência internacional foi um intercâmbio na Alemanha - onde despertou seu interesse por conhecer o mundo. Trabalhou com turismo nos EUA, no Amazonas e em Santa Catarina. Graduou-se em Turismo e Hotelaria e abriu sua própria agência de viagens. Sempre em busca de novos destinos, acumula passagens por mais de 60 países. Como escritor-viajante, já participou de diversas edições dos guias O Viajante, além de ser colaborador voluntário dos sites TripAdvisor e Mochileiros.com. Sua melhor viagem é sempre a próxima!


Deixe uma resposta

Inline
Inline