HEADER SITE - VIAJANTE INVETERADO

O que fazer na Cidade do Cabo – Roteiro de viagem

  • 15/11/2018
  • 0 comentários
  • Por: Guilherme Goss De Paula

Fala, viajante! Estou escrevendo este post dois dias após chegar da África do Sul. As experiências que tive ainda estão fresquinhas na minha cabeça e espero que você aproveite todas dicas para ter dias inesquecíveis por lá. Leia até o fim e descubra O que fazer na Cidade do Cabo.

table mountain cape town O que fazer na Cidade do Cabo

reisen turismo viajante inveterado

O QUE FAZER NA CIDADE DO CABO (CAPE TOWN)

A Cidade do Cabo (Cape Town, em inglês) fica na província de Western Cape, na África do Sul. Sua área metropolitana possui cerca de quatro milhões de habitantes, a segunda mais populosa do país, atrás apenas de Joanesburgo. A cidade é bastante espalhada e os atrativos ficam distantes uns dos outros. Portanto, prepare-se para usar o transporte público (que é muito bom), Uber e agências para os passeios mais distantes.

Ao contrário de outras viagens que você já deve ter lido por aqui, desta vez optei por ficar bastante tempo na mesma cidade: foram nove noites só na Cidade do Cabo – e ainda faltou conhecer uma coisa ou outra. Se você quer apenas conhecer a cidade, sem prolongar muito a estada e sem fazer passeios pela região (o que seria um desperdício!), considere no mínimo uns 3 dias.

IMPORTANTE! Brasileiros viajando a turismo são isentos de visto e podem permanecer até 90 dias. Porém, para entrar no país é preciso levar (1) passaporte com validade mínima um mês após a data estimada da volta e (2) Certificado Internacional de Vacinação contra febre amarela.

A seguir, apresento o roteiro que fiz e algumas sugestões para a sua viagem.

Dia 1 – Chegada e V&A Waterfront

Eram cerca de 15h quando desembarcamos, meu brother Carioca e eu, na Cidade do Cabo. Como o destino não possui vôos diretos de/para o Brasil, já tínhamos feito a imigração em Joanesburgo. Então foi só pegar a bagagem e deixar o aeroporto.

Seguimos as placas de transporte público e encontramos uma bonita e organizada estação de ônibus. Dias antes da viagem eu já havia visitado o site MyCiTi para ver a rota que teríamos que comprar até o nosso hostel – basta utilizar o trip planner. Você tem a opção de comprar single trip (válido apenas para uma viagem) ou o cartão que você pode ir carregando quantas vezes quiser (boa opção pra quem vai usar bastante). Preferimos comprar uma single trip e pagamos R 100 cada. Seguimos até a parada Stadium e caminhamos um pouquinho até o hostel Never At Home.

Saiba mais sobre o hostel Never At Home

Check-in feito. Banho tomado. Coisas organizadas. Partimos para conhecer o Victoria & Alfred Waterfront. O local é um complexo maravilhoso localizado em uma zona portuária de pequenas embarcações que reúne lojas, um grande shopping, galerias, restaurantes e atrações como Cape Wheel (a roda gigante), The Springbok Experience (museu de rugby) e Two Ocean Aquarium (aquário). É muito frequentado por locais e turistas desde cedo até a noite, todos os dias da semana. O preços são variados e vale a pena pesquisar. Os restaurantes vão desde os fast food (McDonald’s, KFC, etc) aos mais bacanas como o Quay 4. O mesmo vale para as lojas. Aliás, a Clicks é uma espécie de Lojas Americanas que tem de tudo um pouco e com bons preços.

Dia 2 – City Tour na Cidade do Cabo

Uma boa maneira de conhecer e entender uma cidade é fazendo um city tour. Um passeio completo pela cidade, com um bom guia pode otimizar a visita e ajudar a compreender questões históricas e características do local. Logo cedo, embarcamos com a Planeta África para um city tour em português pelos principais atrativos da Cidade do Cabo. Leia aqui o post completo sobre o city tour.

city tour na cidade do cabo O que fazer na Cidade do Cabo

Assim que o city tour foi encerrado partimos mais uma vez para o V&A Waterfront. Dessa vez conhecemos o V&A Food Market, um pavilhão com várias opções gastronômicas e o Water Shed, ouro pavilhão, com diferentes formas e estilos de artesanato.

Finalizamos o dia comendo um autêntico Braai, churrasco sul-africano, no hostel – com direito a carne, linguiça, milho, salada e uma espécie de mingau.

Dia 3 – Cape Peninsula: Passeio à Península do Cabo

A van da Planeta África passou cedinho no hostel para nos pegar para o passeio chamado Cape Peninsula, que dura o dia inteiro. No passeio percorremos o litoral e visitamos inúmeros atrativos, incluindo Hout Bay e a ilha das focas, Boulders Beach que é uma praia habitada por uma colônia de pinguins, até chegarmos ao Cabo da Boa Esperança. Vale a pena ler os detalhes sobre o passeio neste outro post.

cabo da boa esperança

Depois de descansarmos do passeio, fomos conhecer a noite na Long Street. Entramos na Beerhouse, um bar bacana, animado e com uma ampla sacada. Só não sabíamos que a cozinha fechava às 23h e ficamos ali amargurando a nossa fome (rs).

Dia 4 – City Sightseeing, Table Mountain e Camps Bay

Mais um lindo dia de muito sol começava em Cape Town. Dias assim são os melhores para se fazer um passeio no ônibus vermelho panorâmico City Sightseeing Cape Town. Escolhemos nosso circuito e seguimos até a imponente e majestosa Table Mountain, o maior cartão postal da cidade e terceira maior atração de toda a África do Sul. Para encerrar o dia, nada melhor que um pôr do sol inspirador em Camps Bay. Leia os posts completos sobre o City Sightseeing Cape Town e também sobre a incrível Table Mountain.

City Sightseeing Cape Town

table mountain cape town

Dia 5 – Mergulho com Tubarão Branco, Green Market Square e Gold Restaurant

No dia anterior fui dormir ansioso. E, na madrugada, acordei tenso. Não só por saber que poderia ficar cara a cara com o temido tubarão branco, mas também por estar prestes a realizar esse sonho. Sim, por mais estranho que possa parecer, há muito tempo eu queria ter esse encontro. Por isso escrevi um post especial, contando tudo sobre essa experiência!

mergulho com tubarao na africa do sul

Depois de chegar desse passeio, demos um pulo na Green Market Square. Um lugar bem mais tranquilo, onde o único “risco” é não pechinchar o suficiente. Saiba mais sobre onde fazer compras em Cape Town (em breve).

Pra finalizar o dia com chave de ouro, fomos ao Gold Restaurant onde, além de experimentar comida típica de todo o continente, dá pra curtir shows durante toda a noite. Também conto tudo em um post exclusivo (em breve)!

Dia 6 – Springbok e Mojo Square

A programação dos primeiros dias foi pesada. Então, tiramos um dia mais tranquilo para visitar The Springbok Experience Rugby Museum. É um museu que conta a história de um time de rugby, mas não é de qualquer time. Leia para entender (em breve).

Depois seguimos para um happy hour na Mojo Square, um local bastante agradável, com música ao vivo e bastante frequentado por locais. Saiba mais no post Onde comer em Cape Town (em breve).

Dia 7 – Safári em Inverdoorn

Ir para a África do Sul e não fazer um safári não faz muito sentido. E olha que eu quase deixei essa oportunidade passar, tendo em mente que meu safári dos sonhos seria no Kruger e dessa vez eu só queria curtir outras coisas em Cape Town. Mas não resisti e encarei a viagem até uma reserva privada para ver os Big 5 de pertinho. Descubra essa experiência no post exclusivo.

safari na africa do sul - inverdoorn

Dia 8 – V&A Waterfront

A viagem estava chegando ao fim e havíamos nos programado para ir à Robben Island. No entanto, não compramos os ingressos com antecedência e não conseguimos embarcar nesse dia. Aproveitamos o tempo para fazer umas boas comprinhas no V&A Waterfront. Onde fazer compras em Cape Town (em breve).

Dia 9 – Robben Island

A sorte sorriu pra gente na noite anterior e eu, insistente, consegui comprar (pela internet) os ingressos para visitar Robben Island. Embarcamos em uma história incrível de segregação, determinação, superação e liberdade. Leia em detalhes como foi essa visita – um dos dias mais emocionantes em Cape Town (em breve).

Dia 10 – Partiu, Brasil!

Tudo que é bom… acaba. Eu sempre termino minhas viagens com aquele gostinho de quero mais. Então, deixei meu recado para a África do Sul: “Foi um prazer te conhecer e nos vemos em breve!”.

 

É isso aí, viajante! Antes de ir para outro post, deixe seu comentário, dúvida, dica, crítica, sugestão ao final da página. Responderemos com o maior prazer!


↓ Salve esse Pin e siga também nosso Pinterest


 

Para a sua viagem

Reserve seu hotel pelo Booking.com
Alugue seu carro pela Rentcars
Compre seu chip internacional Mysimtravel
Viaje sempre protegido com Seguros Promo
Evite filas comprando antecipadamente seus ingressos e passeios pelo Viator
Solicite uma ajuda profissional para sua viagem! Entre em contato com a Reisen Turismo!

Ao utilizar esses links, você ajuda o blog a crescer sem pagar nada a mais por isso!





Booking.com





Guilherme Goss De Paula

Nascido em Tupã, no interior de São Paulo, sua primeira experiência internacional foi um intercâmbio na Alemanha - onde despertou seu interesse por conhecer o mundo. Trabalhou com turismo nos EUA, no Amazonas e em Santa Catarina. Graduou-se em Turismo e Hotelaria e abriu sua própria agência de viagens. Sempre em busca de novos destinos, acumula passagens por mais de 60 países. Como escritor-viajante, já participou de diversas edições dos guias O Viajante, além de ser colaborador voluntário dos sites TripAdvisor e Mochileiros.com. Sua melhor viagem é sempre a próxima!


Deixe uma resposta