O mistério de Stonehenge (Stonehenge, Inglaterra)

  • 2/04/2016
  • comentários
  • Por: Guilherme Goss De Paula

DSC07248

Depois de visitar o Castelo de Windsor, voltei ao meu carro invertido e segui as orientações do meu copiloto eletrônico para chegar até a enigmática formação de pedras de Stonehenge. Próximo à Amesbury, o círculo de pedras atrai visitantes e estudiosos do mundo inteiro – mas até agora, ninguém explicou definitivamente o que é, para que serviu e como foi construído.

DSC07303

Desde que se tem conhecimento da tal formação, muitas lendas, especulações e estudos científicos foram feitos. Uma teoria, bem aceita, garante que Stonehenge (que teve seu início há mais de 5.000 anos) era uma espécie de observatório astronômico com a finalidade de identificar as mudanças de estação, fundamental para o homem pré-histórico desenvolver a agricultura. Outras hipóteses afirmam que Stonehenge servia de templo religioso, ou ainda sugerem que a construção foi executada por criaturas alienígenas. Tudo isso para explicar como toneladas de pedras foram sobrepostas sem a tecnologia que possuímos atualmente. Afinal, a formação teria mesmo sido feita por extraterrestres? Ou seria palco de seitas, rituais e sacrifícios de civilizações antigas? Entre muitas especulações e outras tantas colocações plausíveis, a verdade é que o mistério é o grande charme de Stonehenge!

Antes de escurecer, voltei para a estrada – totalmente fascinado pelas histórias, e com mais dúvidas que antes –, para dirigir por mais algumas horas até Cardiff, capital do País de Gales.


Este é o 10º post da série Mochilão na Europa I (28 países)

Leia o post anterior: Dirigindo na mão inglesa (Windsor, Inglaterra)

Próximo post: A capital menos conhecida do Reino Unido (Cardiff, País de Gales)


Reserve sua hospedagem pelo Booking.com clicando aqui!!
Assim você ajuda a mantermos o blog, sem pagar nada a mais por isso 🙂

Guilherme Goss De Paula

Nascido em Tupã, no interior de São Paulo, sua primeira experiência internacional foi um intercâmbio na Alemanha - onde despertou seu interesse por conhecer o mundo. Trabalhou com turismo nos EUA, no Amazonas e em Santa Catarina. Graduou-se em Turismo e Hotelaria e abriu sua própria agência de viagens. Sempre em busca de novos destinos, acumula passagens por mais de 60 países. Como escritor-viajante, já participou de diversas edições dos guias O Viajante, além de ser colaborador voluntário dos sites TripAdvisor e Mochileiros.com. Sua melhor viagem é sempre a próxima!


2 respostas para “O mistério de Stonehenge (Stonehenge, Inglaterra)”

  1. […] uma visita ao atrativo enigmático de Stonehenge, foi necessário dirigir por mais três horas (evitando rodovias pedagiadas) até chegar à bela […]

  2. […] Próximo post: O mistério de Stonehenge (Stonehenge, Inglaterra) […]

Deixe uma resposta

Inline
Inline