HEADER SITE - VIAJANTE INVETERADO
Menu

Caminho dos Deuses (Sentiero degli Dei) – Trilha na Costa Amalfitana (Itália)

  • 10/07/2019
  • 0 comentários
  • Por: Guilherme Goss De Paula

Fala, viajante! Existem muitas coisas a se fazer na Costa Amalfitana e uma delas é conhecer e percorrer as diversas e lindas trilhas existentes por lá. Uma dessas trilhas, e talvez a mais famosa, é chamada de Caminho dos Deuses (Sentiero degli Dei, em italiano ou ainda The path of Gods, em inglês).

Se liga: no final do post tem um vídeo com o Caminho dos Deuses!

O Caminho dos Deuses possui 6,5 km de extensão e liga as cidades de Nocelle e Bomerano di Agerola. Ambas situam-se no topo da Costa Amalfitana e, portanto, já dá pra imaginar que as vistas são incríveis.

De Atrani a Bomerano

A minha história começa em Atrani. Eu estava hospedado no A’Scalinatella, pela segunda vez, pois é um dos locais mais baratos pra se hospedar em toda a costa e fica a poucos metros da praia.

Encontre as melhores ofertas de hospedagem na Costa Amalfitana

Fui caminhando do hostel até a cidade de Amalfi para pegar o ônibus para Agerola. O ticket custou € 2,00 e pode ser comprado na banca que fica próxima aos terminal de ônibus de Amalfi. A viagem durou uns 40 minutos, pois o ônibus vai serpenteando pela estrada vertiginosa, rumo ao topo da costa.

Ônibus de Amalfi para Agerola

A parada de desembarque é Bomerano di Agerola e é comum que os motoristas anunciem o nome da trilha: “Sentiero degli Dei“. Na dúvida, mantenha os olhos no seu app de localização (Google Maps, Waze, etc.) pra não perder o ponto.

Em todas as minhas viagens eu uso o chip Mysimtravel pra ter acesso à internet o tempo todo! Clique para saber mais.

Caminho dos Deuses (Sentiero degli Dei)

Logo que desembarquei do ônibus, avistei uma placa com o mapinha dos percursos. O Caminho dos Deuses é o maior deles, com 6,5 km e duração estimada em 3 horas.

Fiz uma breve parada na cidade pra comprar protetor solar, pois era julho e o sol estava forte. Aliás, eu preferi fazer o percurso à tarde pra não ter que acordar tão cedo e pra evitar o sol do meio dia. Sendo assim, iniciei a trilha às 15h20.

A trilha começa bem tranquila, com uma leve descida. Depois, há alguns degraus até chegar na rodovia. Deste ponto já se tem uma vista bem bonita da costa. Após alguns metros na rodovia, uma descida mais íngreme com degraus, passando por baixo de uma rocha imensa.

caminho dos deuses costa amalfitana
Vista no início da trilha

A trilha do Caminho dos Deuses possui, em toda sua extensão, marcações na cor vermelha. É importante notá-las para não errar o caminho, embora isso seja pouco provável. Para a nossa segurança, o número de emergência (118) também está marcado 12 vezes ao longo da trilha.

Trilha Caminho dos Deuses (Sentiero degli Dei)
Trilha Caminho dos Deuses (Sentiero degli Dei)

Aos poucos, as paisagens vão se abrindo com vistas cada vez mais bonitas. O caminho inicial é bem tranquilo e descendente. Caminhei bastante tempo sem ver ninguém por perto, isso deu um astral ainda melhor para essa experiência, já que eu só ouvia o som dos meus passos e da natureza! Os primeiros barulhos estranhos que ouvi foram os sininhos de cabras criadas nas montanhas.

Trilha Caminho dos Deuses (Sentiero degli Dei)
À beira do precipício na trilha Caminho dos Deuses (Sentiero degli Dei)

Pouco depois das cabras, encontrei uma das minhas vistas favoritas de toda a trilha: o mar azul, emoldurado pela vegetação da costa. Na frente dessa vista, uma fonte de água potável geladinha, pra tornar o momento ainda mais agradável. Na fonte também há a indicação para Praiano (à esquerda) e Nocelle/Positano (à direita).

Depois desse momento relaxante, veio a primeira parte crítica (mas nem tanto assim) da trilha. Uma descida por degraus altos e irregulares. Deve-se ter atenção para não torcer o pé ou cair e se machucar.

Trilha Caminho dos Deuses (Sentiero degli Dei)
Mais uma bonita paisagem da trilha

Alguns metros depois disso, existe uma marcação em uma árvore: Convento S. Domenico (descida, à esquerda) e Nocelle/Positano (subida, à direita). Seguindo por mais alguns minutos já é possível identificar, ainda que distante, a localização de Positano (se você já conhecer a cidade).

Dica: em vários locais da trilha há mesas e bancos, ideais para fazer um pique-nique, ou apenas descansar!

Após cerca de uma hora de caminhada, já foi possível avistar a cidade de Positano. Nesse momento começa outro trecho crítico, mas agora é subida, o que requer mais esforço!

Nessa parte da trilha, as paisagens começam a se repetir bastante: ora pedras e vistas da costa, ora trechos bastante arborizados que ajudam a amenizar o calor e proteger do sol. Um dos lugares legais pra relaxar é um espaço repleto de pedras empilhadas (também chamados de mariolas, apachetas, ou outros nomes que variam dependendo do lugar do mundo em que você está).

Após o descanso, mais uma subidinha pra animar a trilha! Mas não demorou muito pra eu avistar uma plaquinha que dizia: Nocelle a 600 metros. E foi isso mesmo! Surpreendentemente, finalizei a trilha em 1h45, com direito a paradas pra fotos, vídeos e até drone.

Tanto em Bomerano quanto em Nocelle há um quiosquezinho com bebidas e snacks. Eu parei no de Nocelle que tem uma vista linda e pedi uma “granita di limone” (raspadinha de limão) por € 2,50, ideal pra refrescar aquele momento!

granita di limone Trilha Caminho dos Deuses (Sentiero degli Dei)
Merecida “granita di limone” ao final da trilha Caminho dos Deuses (Sentiero degli Dei)
Trilha Caminho dos Deuses (Sentiero degli Dei)
Belíssima vista da varanda do quiosque

Se você quiser continuar caminhando até Positano, é possível. Basta encarar uma descida de mais de mil degraus. Como eu já estava feliz com a minha caminhada e queria rodar um pouquinho em Positano, peguei um ônibus de Nocelle para Positano (€ 2,00).

Depois de conhecer Positano, peguei outro ônibus até Amalfi (€ 2,00), de onde segui a pé, de volta a Atrani.

Agora relaxa aí pra curtir o vídeo dessa experiência incrível pela Costa Amalfitana:

Se você não quer se complicar, aqui você pode comprar o tour que inclui traslados para o Caminho dos Deuses. Veja as opções a seguir:


É isso aí, viajante! Antes de ir para outro post, deixe seu comentário, dúvida, dica, crítica, sugestão ao final da página. Responderemos com o maior prazer!

Leia também:
Florença: o berço do Renascimento italiano
Passando o dia em Turim
Mochilão na Europa (28 países) – Índice de posts


Planeje sua viagem

Reserve seu hotel pelo Booking.com.

Encontre e compre passagens aéreas promocionais com a Passagens Promo.

Alugue seu carro pela Rentcars.

Compre seu chip internacional Mysimtravel .

Viaje sempre protegido por um Seguro Viagem (usando o cupom INVETERADO5 você terá 5% de desconto).

Evite filas comprando antecipadamente seus ingressos e passeios pelo Viator, GetYourGuide ou TourOn .

Solicite uma ajuda profissional para sua viagem! Entre em contato com a Reisen Turismo!.

Ao utilizar esses links, você ajuda o blog a crescer sem pagar nada a mais por isso!

Fala, viajantes!!!!!
Hoje é sexta-feiraaaaaaaa!!
Queríamos muito estar nesse paraíso #lagoadocastelhano
Mas como não estamos, vamos de vídeo pra lembrar dessa viagem maravilhosa pra #jeri 😍😍😍 #viajanteinveterado #vemprajeri #lagoadocastelhano #lagoas #ceara #jericoacoara #jericoacoarabeach #jericoacoaraoparaisoéaqui #brasil #barrinha #sourbbv #jerinascidonavila
...

79 4



Booking.com


Guilherme Goss De Paula

Nascido em Tupã, no interior de São Paulo, sua primeira experiência internacional foi um intercâmbio na Alemanha - onde despertou seu interesse por conhecer o mundo. Trabalhou com turismo nos EUA, no Amazonas e em Santa Catarina. Graduou-se em Turismo e Hotelaria e abriu sua própria agência de viagens. Sempre em busca de novos destinos, acumula passagens por mais de 60 países. Como escritor-viajante, já participou de diversas edições dos guias O Viajante, além de ser colaborador voluntário dos sites TripAdvisor e Mochileiros.com. Sua melhor viagem é sempre a próxima!


Deixe uma resposta

Viajante Inveterado 2018 © Todos os Direitos Reservados

Feito com ❤ por Brothers Filmes