Castelo Rá-tim-bum, uma viagem à infância

  • 13/04/2017
  • 0 comentários
  • Por: Guilherme Goss De Paula

Fala, viajante!

Se você chegou até esse post é porque bateu saudade da sua infância, acertei? Ou então ficou curioso porque todos à sua volta estão falando sobre o tal Castelo Rá-Tim-Bum! Seja qual for o motivo, vou detalhar nesse post as informações e fotos sobre essa atração, assim você pode se programar para conferir e/ou relembrar o castelo mais famoso da molecada (que já cresceu!).

Lavínia no Castelo

Bum! Bum! Bum! Castelo Rá-Tim-Bum!

O Castelo Rá-Tim-Bum, exibido pela TV Cultura entre 1994 e 1997, foi um dos seriados prediletos da minha geração. A exposição nos permite visitar todo o Castelo que permanece guardado com carinho entre as melhores lembranças da infância.

São 22 espaços que reproduzem não apenas os cenários, mas também contam toda a história do seriado, exibem os figurinos originais e falam sobre o elenco.

Quem se lembra da Celeste?

Eu curti cada espaço do Castelo, relembrei as histórias, músicas e personagens. A Lavínia, apesar de não ter assistido à série, lembrou da música do ratinho, que a gente sempre canta na hora do banho: “Tchau preguiça, tchau sujeira, adeus cheirinho de suor!”.

O emblemático ratinho da hora do banho

Veja o primeiro episódio, ou a série inteira (com seus 90 episódios) ou apenas mate a saudade da musiquinha da introdução:

Visite o Castelo Rá-Tim-Bum

Maquete na entrada da exposição

Inaugurada no dia 31 de março de 2017, a exposição deverá ficar em cartaz por 3 meses, no mínimo.

Horário de abertura: terça a sexta, das 09h às 20h; sábados, domingos e feriados, das 09h às 22h.

Ingressos: disponíveis para compra online ou diretamente na bilheteria (terça a sexta das 09h às 18h; sábados, domingos e feriados das 10h às 20h).

Preços: R$ 20 (inteira) ou R$ 10 (meia). A meia entrada é válida para crianças de 4 a 12 anos, estudantes, idosos, portadores de necessidades especiais, professores e policiais, desde que apresentem um documento para comprovar cada situação. Crianças de até 3 anos não pagam. A fachada pode ser vista gratuitamente desde o pátio do Memorial.

Local: Pavilhão da Criatividade, no Memorial da América Latina – Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – São Paulo, ao lado da estação Barra Funda do Metrô (Linha Vermelha) e da CPTM (Linhas 7 e 8).

Acessibilidade: a exposição é acessível para cadeirantes, possui sistema de áudio-descrição e permite a entrada de cães-guia.

Outros serviços: no local também há uma loja com produtos temáticos, praça de alimentação e banheiros para os visitantes.

Importante: compre seu ingresso antecipadamente pois eles costumam esgotar com facilidade.

Blogueirada reunida (Foto: Vem pra Sampa, meu!)

Mais fotos


Visita realizada a convite do Vem pra Sampa, meu! e do Memorial da América Latina


Vai pra São Paulo? Reserve seu hotel aqui!




Booking.com


 


Guilherme Goss De Paula

Nascido em Tupã, no interior de São Paulo, sua primeira experiência internacional foi um intercâmbio na Alemanha - onde despertou seu interesse por conhecer o mundo. Trabalhou com turismo nos EUA, no Amazonas e em Santa Catarina. Graduou-se em Turismo e Hotelaria e abriu sua própria agência de viagens. Sempre em busca de novos destinos, acumula passagens por mais de 60 países. Como escritor-viajante, já participou de diversas edições dos guias O Viajante, além de ser colaborador voluntário dos sites TripAdvisor e Mochileiros.com. Sua melhor viagem é sempre a próxima!


Deixe uma resposta

Inline
Inline